quinta-feira, 17 de março de 2011

AS 100 MAIORES MUSICAS DO SOUTHERN ROCK!

Os 100 maiores hits do Southern Rock

http://www.nutsie.com/top100sradio/Top%20100%20Southern%20Rock%20Songs/1755627

Clique e divirta-se

Outros links bacanas:

http://www.puresouthernrock.com/

sexta-feira, 19 de março de 2010

OS MAIORES GUITARRISTAS DO SOUTHERN ROCK PARTE I

OS MAIORES GUITARRISTAS DO SOUTHERN ROCK PARTE I



Com o surgimento do Southrn Rock, também surgiu uma nova modalidade de guitar heroes, como uma antítese dos brithsh rockers o guitarristas do south rock primavam, também, pelo feeling, a técnica mas tinha um certo ar de despojamento que as estrelas das mega bandas não tinham, essa atitute trazia os guitars para mais próximo do seu público.






DUANE ALLMAN:


Nome: Howard Duane Allman
Cidade Natal: Nashiville - Tennessee - EUA
Nascimento: 2o de novembro de 1946
Falecimento: 29 de outubro de 1971









Fundador do Allman Brothers Band junto com seu irmão Greg Allman , seu apelido era Skydog, morreu em acidente de moto, saindo da festa de aniversário da mulher do baixista Berry Oackley.














segunda-feira, 1 de junho de 2009

domingo, 31 de maio de 2009

THE OUTLAWS.


THE OUTLAWS.

A banda de Southern Rock “The Outlaws” foi formada em Tampa, Flórida, em 1972 pelos vocalistas/guitarristas Hughie Thomasson e Henry Paul, o baixista Frank O'Keefe, e o bateirista Monte Yoho. Com a adição do guitarrista Billy Jones em 1973, a formação estava completa, e depois de um ano de intenso touring a banda tornou-se a primeira assinatura da Arista sob o comando de Clive Davis. O álbum, auto-entitulado The Outlaws, de 1975, destacava harmonias influenciadas pelos Eagles e pegadas de guitarra estilo Allman Brothers, resultando no sucesso "There Goes Another Love Song" que ficou entre os 40 melhores álbuns na época.
No começo de 1977, Bill Szymczyk produziu “Hurry Sundown”, Paul e O'Keefe deixaram a banda nas mãos do guitarrista Freddie Salem, baixista Harvey Dalton Arnold, e o segundo baterista David Dix, contratados para a gravação de “Bring It Back Alive” em 1978 e de “Playin' to Win”.

Salem foi o próximo a sair da banda, e as mudanças de formação continuaram quando Arnold anunciou sua partida após a gravação em 1979 de “In the Eye of the Storm”. O baixista Rick Cua foi recrutado para a gravação de “Ghost Riders in the Sky” no próximo ano, que alcançou uma aparição entre as 40 melhores com a canção título, uma versão da favorita de Vaughn Monroe.

Yoho saiu para reunir-se a Henry Paul logo depois, e com a subsequente saída de Jones, apenas Thomasson sobrou da formação original dos Outlaws. Não surpreendendo, o grupo dissolveu-se após terminarem “Los Hombres Malo” em 1982. Um ano depois, Thomasson e Paul criaram uma nova formação para os Outlaws, incluindo o guitarrista Chris Hicks, o baixista Barry Borden, e o baterista Jeff Howell; após lançarem “Soldiers of Fortune” de 1986, Paul largou a banda novamente, e o quarteto remanescente voltou em 1993 com “Hittin' the Road”.

Enquanto Paul ressurgia nas paradas de 1994 com a banda country Blackhawk, Thomasson apresentava-se com a nova formação do Lynyrd Skynyrd ao mesmo tempo em que continuava a liderar os Outlaws, lançando “So-Low” em 2000. Infelizmente, Jones e O'Keefe morreram três semanas um após o outro, no começo de 1985.

video





Fabio Terra - Guitarrista - O Bando Do Velho Jack

Simone Chaia - Colabora - Tradução

sábado, 8 de novembro de 2008

OS DISCOS "CONTRATUAIS".


O FATÍDICO DISCO AO VIVO E A COLETÂNEA CONTRATUAL .



Com a separação, a Capricorn Records, procurando desesperadamente algo que gerasse lucro, lançou duas coleções, um disco duplo chamado Wipe the Windows, Check the Oil, Dollar Gas, mostrando a era de Brothers and Sisters em vários shows, e um disco duplo melhor dos melhores, e The Road Goes On Forever, com uma das capas mais pavorosas que se tem noticia.


Wipe the Windows teve uma venda modesta, vista claramente quando as vendas do grupo despencaram, quando ele foi comparado desfavoravelmente obviamente com o trabalho lendário de At Fillmore East. As gravações do estúdio renderam muito pouco, porque a maior parte dos fãs já tinha as músicas nos álbuns originais.


As coisas começaram simplesmente a desmoronar.

video






Fabio Terra - Guitarrista - O Bando Do Velho Jack



sexta-feira, 24 de outubro de 2008

BOB DYLAN - TELL TALES SIGN

SINAIS DYLANESCOS


Bob Dylan lança "Tell Tale Signs", uma coletânea de canções gravadas durante as últimas duas décadas.O material abrange o período de 1989 até 2006, no qual Dylan gravou seus três últimos e aclamados discos, "Time Out of Mind" (1997), "Love and Theft" (2001) e "Modern Times" (2006).

Tell Tale Signs é um apanhado de sobras de estúdio, trilhas sonoras, versões ao vivo e outras raridades.

O álbum saiu em formato duplo com 27 canções e também em uma edição limitada, que inclui um terceiro CD com mais 12 canções e um livro com as capas dos singles de Bob Dylan.

Tell Tale Signs é o oitavo volume de The Bootleg Series, uma coleção de álbuns que Dylan começou a lançar em 1991 para divulgar seu material inédito e evitar que acabasse sendo divulgado em discos piratas.

O novo lançamento está disponível para audição na internet . As canções que compõem o álbum "Tell Tale Signs" poderão ser ouvidas pelos fãs no site da National Public Radio. O endereço para ouvir as canções é http://www.npr.org/

Assista o videoclipe da canção "Dreaming of You" com a participação do ator Harry Dean Stanton.Esta canção foi gravada durante as sessões de "Time Out of Mind", álbum lançado por Bob Dylan em 1997 e que foi considerado uma espécie de "renascimento criativo" do artista.




http://www.youtube.com/watch?v=917NgUORqyI&feature=related

Fonte: Mojo Magazine

Colaboração Ari Mendes - Ari Mendes / Lost Highway Records

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

TWO MEN WITH THE BLUES - WILLIE NELSON E WYNTON MARSALIS.

Two Men With The Blues


Uma lenda do jazz e uma figura mítica do country juntaram forças para conceber um disco.
O jazzista Wynton Marsalis e o cantor country Willie Nelson lançaram "Two Men With The Blues", gravado ao vivo durante apresentações feitas em janeiro de 2007, no Lincoln Center, em Nova York, EUA. Essa é a primeira vez que Marsalis e Nelson trabalham em parceria. A música que você ouvirá, a maioria das quais habita os tempos do "blues and boogie" do estilo das bandas dos anos 40, é aquela que se escuta ao longo dos bares de estrada no sul dos Estados Unidos, embora tocada por músicos de reconhecimento internacional: O conjunto de Marsalis acrescido de Mickey Raphael, que toca gaita na banda de Willie Nelson.


Fonte: Mojo Magazine
Colaboração Ari Mendes - Ari Mendes / Lost Highway Records

Seguidores